• Sintonia

UFSCar tem plano contra a Covid-19 focado em vigilância epidemiológica

Primeiro grande projeto da nova gestão da UFSCar, o Vencendo a Covid-19 coloca a Universidade como protagonista no enfrentamento do novo coronavírus, ao criar um serviço próprio com ações para o controle interno da pandemia. O plano de enfrentamento também permite a discussão responsável sobre retorno escalonado de atividades presenciais mediante ações de vigilância epidemiológica, quando os indicadores de acompanhamento da pandemia permitirem. O plano foi aprovado em 3 de fevereiro pelo Conselho Universitário (ConsUni).


Por Analice Gaspar Garcia

Fonte Portal UFSCar

"Vivemos um momento desafiador que nos exige agir de forma rápida. Com o plano, teremos uma estrutura ampla, com profissionais qualificados e a participação da comunidade acadêmica, que irá permitir, quando houver condições, o retorno presencial com segurança a toda a comunidade da UFSCar", destaca a Reitora da UFSCar, Ana Beatriz de Oliveira.

Expectativa é que plano seja modelo para outros espaços e ocasiões futuras (Edgar Fabrício – CCS)

O plano prevê a existência de um Comitê Gestor da Pandemia (CGP), cuja composição também já foi aprovada pelo ConsUni, e do Núcleo Executivo de Vigilância em Saúde (NEVS). O Comitê Gestor vai propor as diretrizes e ações para o enfrentamento e de contingenciamento para o exercício das atividades nos campi; planejar ações de comunicação e mobilização da comunidade universitária, dentre outras atribuições. O CGP já realizou a sua primeira reunião, em 5 de fevereiro, e deve voltar a se encontrar nesta semana.


Ao NEVS cabe propor e aplicar as ações técnicas de vigilância em saúde para a contenção da transmissão comunitária do SARS-CoV-2 nos quatro campi; apresentar relatórios técnicos periódicos ao CGP; desenvolver e estimular pesquisas sobre a Covid-19 e ações de inteligência epidemiológica destinadas ao controle da pandemia. O Comitê Gestor já está concretizando encaminhamentos para a estruturação do NEVS e início das suas atividades também nos próximos dias.


O diagnóstico da situação da Covid-19 nos campi deverá ser uma das primeiras ações do Vencendo a Covid-19. Outras ações previstas são a aplicação de regras sociais, comportamentais e de fluxo de pessoas para bloquear a circulação nos campi; vigilância epidemiológica com capacidade para impedir a transmissão comunitária com ações de bloqueio focal imediato e isolamento de potenciais transmissores; e, como registrado, estratégias de retorno escalonado de acordo com o risco individual, ambiental e ocupacional, além da adaptação nos ambientes e nas atividades para minimizar os riscos de disseminação do novo coronavírus.


"Com a vigilância epidemiológica utilizaremos uma política de enfrentamento à pandemia baseada em evidências científicas, que não estão sendo usadas no País. Futuramente, esta estrutura pode servir como modelo para trabalhar com outras doenças como a dengue e a chikungunya, criando um serviço de gestão social interna, que poderá também ser usado pela sociedade como um todo", avalia Bernardino Geraldo Alves Souto, docente do Departamento de Medicina (DMed) da UFSCar nomeado Coordenador Técnico do plano.


Confira aqui a proposta inicial do Vencendo a Covid-19.

1 visualização0 comentário
  • Sintonia Universitária
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Sintonia Universitária

Portal de Notícias | A Sintonia | Contato

Sintonia Universitária©℗®™ todos os direitos reservados 2021

Sintonia Universitária Logo.gif

Inspirando Atitudes

banner_usp_vida_interna.jpg