DOE SANGUE      SALVE VIDAS      
  • Sintonia

UERGS | Ações de Extensão voltadas à prevenção e ao enfrentamento aos efeitos da Covid-19

Ações estão sendo desenvolvidas por todas as unidades da Uergs.

Por Daiane de Carvalho Madruga

Fonte Portal UERGS

A Uergs ultrapassou a marca de 180 ações de Extensão desenvolvidas em diversas regiões do estado para oferecer apoio e informações para que as pessoas da comunidade externa tenham melhores condições de passar por este momento de isolamento social, em função da pandemia de Covid-19. As iniciativas são protagonizadas por estudantes e funcionários docentes, técnicos e de apoio administrativo que, desde março, quando as atividades presenciais na Universidade foram suspensas, concentram forças em ações de prevenção e de enfrentamento aos efeitos da pandemia.


A Uergs retomou o semestre letivo em formato remoto no mês de junho e mesmo diante do novo contexto para a oferta do ensino, que exige adaptação, o número de ações de extensão não parou de crescer. “A pressão e a necessidade de enfrentamento dessas situações nos mobilizam e nos fazem perceber a necessidade de trabalho em conjunto - mesmo que estejamos fisicamente distantes - para atender às demandas da sociedade”, afirma a pró-reitora de Extensão da Uergs, Erli Costa.


As ações vão desde a arrecadação e doação de itens e confecção de máscaras até a realização de cursos online e iniciativas de apoio aos produtores e empresas locais. Também estão ocorrendo diversas lives em que professores e estudantes conversam com especialistas e apresentam os resultados de suas pesquisas, numa linguagem acessível à população, como forma de conscientização e de colocar o conhecimento produzido na Universidade à disposição de todas as pessoas.


“Esse conhecimento precisa chegar a todos e todas. É isso que a Extensão Universitária promove, ao ligar o ensino e a pesquisa àqueles que estão afastados da academia”, defende a pró-reitora.


Erli enfatiza que a Universidade é um tripé composto por Ensino, Pesquisa e Extensão, e que momentos como este fortalecem o papel extensionista da Universidade. “A Extensão Universitária é uma vitrine que mostra a instituição para a sociedade, e que ao mesmo tempo faz com que a Universidade se volte para a comunidade e disponibilize a ela o que mais é necessário neste momento”, diz.


O reitor Leonardo Beroldt reitera a importância desse contato contínuo da comunidade universitária com a comunidade do entorno.  “Para  a Universidade a extensão cumpre um importante papel na medida em que tanto leva para a sociedade a sua expertise e estende os conhecimentos produzidos na academia, como também nossos extensionistas, ao atuar no âmbito da sociedade, buscam identificar demandas e necessidades das populações locais, trazendo essas necessidades para  o âmbito da Universidade, a fim de alimentar e fomentar novas atividades de Pesquisa”, afirma.


Esse ciclo, na opinião do reitor, gera novos conhecimentos, qualifica as atividades de ensino e fomenta novas atividades de Extensão.


“Em nome da equipe de gestão da Universidade, eu quero parabenizar a todas a professoras e professores, equipe do quadro técnico e administrativo e aos nossos estudantes por essas ações de extensão neste período tão delicado para a sociedade gaúcha, que tanto precisa de apoio neste momento”, finaliza.