• Sintonia

MEC autoriza funcionamento do curso de Enfermagem (bacharelado) na Ufra campus Parauapebas


A partir de 2022, o Campus da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) em Paraupebas vai aumentar sua oferta de cursos. Isto porque o Ministério da Educação (MEC) autorizou a criação do curso de graduação em Enfermagem (Bacharelado), o primeiro da instituição específico na área de saúde humana. A previsão é que sejam ofertadas 50 vagas já em 2022. A autorização ocorreu após visita de avaliadores do Instituto Nacional de Estudo e Pesquisas Educacionais (INEP), que estiveram no campus Parauapebas no período de 30 de maio a 02 de junho de 2021, observando a infraestrutura do campus, corpo docente, organização didático pedagógica e outras atribuições. No final da visita o conceito atribuído pelos avaliadores foi 4, referente à "muito bom", de acordo com os parâmetros do ministério.

Fonte Portal Ufra


O curso iniciará com o quadro de técnicos existentes, para atendimento administrativo, juntamente com os demais cursos do campus. "As aulas teóricas funcionarão nas salas dos prédios já existentes, com uma logística que priorize a otimização de uso dos prédios. Quanto aos laboratórios, já existem salas disponíveis para o funcionamento de laboratórios específicos, bem como garantia de recursos para os equipamentos a serem adquiridos a partir do início de funcionamento do Curso. Para as disciplinas do Ciclo básico, os laboratórios multidisciplinares existentes já atendem. Quanto ao quadro de docentes, foi demonstrado que temos número de docentes suficientes para o funcionamento do primeiro ano. A UFRA tem nove código de vagas de docentes disponíveis, já planejados anteriormente, para que ocorra a abertura de concurso público para que seja alcançado o quadro de profissionais da área da saúde, suprindo assim o quadro restante do Curso", explica José Raimundo Viana, pró-reitor adjunto de Planejamento e Desenvolvimento Institucional.

A criação do curso de Enfermagem faz parte da expansão planejada da UFRA, que desde 2018, após reunião de planejamento com Diretores de Institutos e Campi, iniciou abertura de novos cursos, considerando as vagas existentes no banco de vagas da UFRA e alguns critérios técnicos de decisão. "O Curso de Enfermagem, assim como os demais iniciados a partir de 2018, foram planejados pela Gestão superior, dentro de critério de otimização da mão de obra docente já existente na instituição e da quantidade de vagas disponíveis para a UFRA no Banco de vagas docente do MEC. Esse Curso, assim como os demais, já estavam incluídos no planejamento orçamentário da universidade", explica José Viana. Desde então já foram criados os cursos de Licenciatura em Língua Portuguesa (Belém), Licenciatura em Pedagogia (Belém), Ciências Biológicas (Belém), Ciência e Tecnologia de Alimentos (Belém), Ciências Contábeis (Paragominas). Além do curso de Enfermagem, em 2021 também foi autorizado o curso de Licenciatura em Matemática (Capitão Poço).

"O cumprimento de sua missão institucional impõe uma constante transformação da nossa universidade e assim o funcionamento do primeiro cursos de saúde humana representa mais um passo gigantesco para o desenvolvimento sustentável da região. Mais uma oportunidade para formação profissional de qualidade aos jovens daquela região numa área de enorme carência evidenciada por essa pandemia", diz o reitor da universidade, professor Marcel Botelho. O curso vem somar ao ensino já disponibilizado no campus, que oferta atualmente os cursos de Administração, Agronomia, Engenharia Florestal, Engenharia de Produção e o curso de Zootecnia.

5 visualizações0 comentário